Tudo o que você precisa saber sobre Fernando de Noronha

18:29


Um lugar que concentra as mais belas praias do Brasil, país de magnitude continental, não poderia receber um título menor do que PARAÍSO! E é bem essa a palavra que resume esse lugar. 

Fernando de Noronha é um destino dos sonhos, daqueles eleitos para lua de mel, sabe? 

E foi pensando nisso, que escolhemos esse lugar para comemorar nosso aniversário de casamento.💖



Descoberta por Américo Vespúcio (pensa num cara descobridor do sete mares?!) o antigo Território Federal, hoje pertencente ao estado de Pernambuco, foi considerado pela UNESCO, em 2001, como Patrimônio Natural da Humanidade.

Fernando de Noronha não é só uma ilha, mas um arquipélago formado por 21 outras ilhotas de origem vulcânica. 

O que nem todo mundo sabe é que o arquipélago está bem em cima de um vulcão (inativo, claro), que fica a 4.200 metros de profundidade.

Grande parte das paisagens e das ilhas secundárias foram criadas através de erupções vulcânicas de grande vulto. A última atividade do vulcão remonta há mais de um milhão de anos.

Por isso que Fernando de Noronha é comparada ao Havaii brasileiro, sacou?! 

A ilha principal (habitada) é pequena, tem cerca de 17 km de extensão. As paisagens do local impressionam, mas o seu diferencial fica por conta da vida marinha!!!

A Noronha subaquática é de inigualável diversidade, em apenas um mergulho de snorkel é possível nadar com dezenas de tartarugas, arraias, peixes das mais variadas espécies, tubarões, além de uma infinidade de outros bichos que você mal pode imaginar.



Todos os anos no mês de agosto as baleias jubarte dão o ar da sua graça ao fazer migração com seus filhotes nas águas quentes de Fernando de Noronha. Quem for nessa época, também pode ter a sorte de encontrar alguma por lá. 

QUANDO IR:

A grosso modo, Fernando de Noronha tem basicamente duas estações: uma seca e outra chuvosa. A época mais chuvosa vai de abril a agosto. Já entre fevereiro a setembro, o clima tende a ser mais seco.

Fomos em um período (maio) que estava com previsão de chuva para todos os dias. Nos dois primeiros dias da viagem fez um sol incrível, aproveitamos muito. Porém, passamos outros dois dias "abaixo de chuva" e só conseguimos desfrutar do pôr-do-sol em dois dias, do total de cinco, que ficamos na ilha.

Mas isso não é uma questão matemática, sempre tem possibilidade de precipitações ocasionais.
E aí? não viajo na época de chuva?


Ir nessa época não significa que você ficará ilhado (literalmente), e que não conseguirá curtir Noronha. 
As chuvas são episódicas e intensas: na mesma manhã que cai um "toró" pode fazer um baita solzão à tarde, e vice-versa.


Em alguns dias, o tempo permaneceu predominantemente nublado
Mas isso não foi problema, né?! Aproveitamos para fazer muito mergulho!! E não foi uma chuvinha que atrapalhou nossa viagem.
O céu tava bem fechado, mas abriu durante o passeio



Não se preocupe com a temperatura! Noronha mantém a média dos 28º C independentemente de estar chovendo ou não.

É uma daquelas viagens que requer bastante planejamento, visto ser um lugar em que há limites para visitação turística.

Não descordo, a medida tem como objetivo evitar prejuízos ao meio ambiente e equilibrar a preservação, já que todos nós sabemos como a interferência exagerada do ser humano afeta o ecossistema.

Diante disso, apenas 420 turistas são permitidos por dia. A estadia é altamente controlada, sendo cobrada uma Taxa de Preservação Ambiental (TPA) para entrar na Ilha (levando-se em conta os dias de permanência).


Limitação de turista (Taxa de Preservação Ambiental):

O valor da Taxa é de R$ 68,74 por dia, e pode ser paga antecipadamente pelo site oficial.


É importante pagar o boleto com a antecedência mínima de 2 dias da viagem, bem como levar o comprovante de pagamento. Lá tem uma fila exclusiva para quem pagou antecipado (aproveite para poupar tempo).
Como chegar:
A opção mormente utilizada pelos turistas é através de avião. Atualmente, são duas as empresas aéreas que fazem o trajeto: AZUL e GOL.

Os preços costumam ser bem altos (dá facilmente para comparar com os preços praticados nos voos internacionais).

Todavia, direto existem promoções relâmpagos, e caso você tenha flexibilidade com as datas disponíveis pode comprar as passagens com um preço bem suave. Os voos saem das cidades de Recife e Natal.

Planejamos a nossa com quase um ano de antecedência, e compramos uma boa parte das passagens com milhas, então saiu um precinho bom.
Aeroporto de Noronha
ONDE FICAR:

As pousadas mais baratas costumam não ter grandes estruturas, mas têm o suficiente para ser aconchegante.  Todavia, a principal área de comércio e restaurantes fica na Vila dos Remédios. 

A vantagem de ficar próximo dessa região é a facilidade que você tem para sair à noite, ou até mesmo ir às praias mais próximas da área urbana, que são a do Cachorro, do Meio e da Conceição.

Ficamos na pousada dos Corais (fica ao lado da pousada Maria Bonita do Bruno Gagliasso e da Giovanna Ewbank).

Vila dos Remédios
A administradora da pousada, Nicole, foi super fofa com a gente, e o café da manhã é caprichado e servido pontualmente às 7:00h da manhã.
Pousada Maria Bonita
DICAS ESPECIAIS DA LU:

a) O voo da gol passa bem em frente ao morro dois irmãos, o visual é espetacular e você já consegue imaginar o que está por vir!!!  Para ter essa visão, sente do lado esquerdo da aeronave, mais ou menos atrás da asa. Você não vai ser arrepender!

b) O avião utilizado pela Gol (Boeing) é bem maior do que o da Azul, que utiliza o modelo ATR. No caso de clima ruim, a Azul tem a diretriz de não realizar voos por questões de segurança. Mas isso não é considerando um problema para a maioria dos turistas, visto que são compensados com diárias nas melhores pousadas de Noronha (nunca vi tanta gente comemorando por ter um voo cancelado 😅).

c)
 Use e abuse do filtro solar, o sol de Noronha é arretado!!! Aproveite para comprar aquelas blusinhas de proteção UV (serve até de lembrancinha de depois).

d) Se puder leve seu próprio equipamento para mergulho (máscara, pé de pato etc.), pois o aluguel é de, aproximadamente, 30 reais por dia (10 reais cada item).



Beleza, comprou as passagens, reservou a hospedagem, pagou a TPA pelo site... Tudo pronto?

Taxa do Parque Nacional Marinho:

Calma, para você desfrutar das melhores atrações de Fernando de Noronha terá ainda que arcar com o custo da Taxa do Parque Nacional Marinho.

Apesar de ser possível a compra antecipada por meio do site do PARNAMAR, você terá que obrigatoriamente passar em um posto autorizado para fazer a carteirinha.


Essa carteirinha te dará acesso a todas as atrações voltadas ao "mar de fora" e pertencentes ao Parque Nacional Marinho. Então, ande com ela pra todo lado!!! 
O valor para brasileiros é de R$ 90,00 reais e tem validade por até 10 dias.

A compra dos ingressos poderá ser feita nos seguintes locais em Fernando de Noronha:
1 - Centro de visitantes do ICMbio - Al. do Boldró; e

2 - Quiosque localizado na praça Flamboyant (perto da praça dos remédios).

Antigamente você poderia pagar as taxas e entregar o número dos boletos para o guia, e ele fazia o agendamento das trilhas (Atalaia, Abreus, Capim-açu e Morro São José).

Todavia, em razão de problemas ocorridos pelo agendamento e não comparecimentos de algumas pessoas, agora somente é possível o agendamento COM A APRESENTAÇÃO DA CARTEIRINHA. 

Nesse contexto, para que você consiga agendar todos os passeios, será necessário aparecer no ICMbio logo após o desembarque.




QUANTOS DIAS FICAR:


Até em razão da chuva, trocamos passeios por outros e fizemos muita coisa com o tempo ruim. Quando chove, a água fica mais turva e menos clarinha, pois os raios de sol influenciam muito na tonalidade da água.  Caso for nessa época, sugiro colocar pelo menos 5 dias completos de viagem.

OBS: A grande parte dos atrativos, principalmente as piscinas naturais, só conseguem ser visitadas com a maré baixa (que muda de acordo com as fases da lua, horário etc). Portanto, é importante ter em mente a tábua de marés do período. Basta se informar com o seu guia.


Fique a maior quantidades de dias que puder. Eu fiquei 4 dias inteiros, e senti que precisava ficar pelo menos mais dois dias para fazer tudo o que eu queria.

NOSSO ROTEIRO 💓

1° Dia:
Translado aeroporto/pousada - As pousadas geralmente fazem uma parceria com as grande empresas que ofertam passeios em Noronha. Portanto, logo na saída do aeroporto vai ter um monte de pessoas perguntando de qual pousada você é e direcionando-o a um ônibus ou van específico.


Esse translado é de graça (pasmem), sendo a oportunidade que as empresas têm de mostrar os serviços. A pousada dos corais tem parceria com a empresa Primeiríssima.


OBS: Fechando qualquer passeio você ganha o translado de volta ao aeroporto.


Chegamos quase no final da tarde, então resolvemos deixar as coisas na pousada e tentar ver o pôr-do-sol na praia da conceição (um dos mais bonitos da ilha). 
Nossa pousada ficava bem próxima às praias: Cachorro, Meio e Conceição.



SUGIRO ANTES DE TUDO, FAZER A CARTEIRINHA E TENTAR FECHAR OS PASSEIOS NO ICMbio.


Em razão disso, não conseguimos marcar a trilha do Atalaia, pois na manhã seguinte já tinha esgotado o passeio, e só tinha 2 vagas para o Morro São José. No fim, tivemos sorte em conseguir agendar a do Morro São José e Abreu.


Trilhas que necessitam agendamento: Atalaia (longa e curta), Morro São José, Abreu, Pontinha-caieira e Capim-açu.


Noite - Fizemos as carteirinhas e jantamos no Cacimba.


2° Dia  - ILHA TOUR (DIA TODO)

Praia do Leão
Escolhemos fazer o Ilha Tour no primeiro dia justamente para fazer um "reconhecimento" geográfico do local. Com esse passeio, você conhece cerca de 80% da Ilha, sendo ideal para quem está com o roteiro apertado.

Outra coisa que acho legal desses passeios é conhecer pessoas!! Conhecemos vários casais legais. O percurso é feito em uma caminhonete com lotação máxima de 10 pessoas.


Fechamos o passeio com a empresa Flamboyant (super indico).


São 8h de passeio, incluindo no percurso:

PRAIA DO LEÃO:

A Praia do Leão recebeu esse nome em razão dessa formação rochosa apresentar a forma de um leão marinho.
MERGULHO DE SNORKEL NA PRAIA DO SUESTE (onde vimos filhotes de tubarão da espécie limão):

 

PRAIA DO PORTO, BURACO DA RAQUEL, ENSEADA DAS CAIEIRAS E MUSEU DO TUBARÃO:



 ➤ Parada para almoço (Forno Noronha);

CAPELA DE SÃO PEDRO: 


➤ Sancho, Baía dos Porcos e Mirante dois irmãos:



CACIMBA DO PADRE:


Pôr-do-sol no mirante do Boldró.


O pôr-do-sol do mirante do Boldró é tradição na Ilha e considerado uns dos mais bonitos.

O preço do passeio foi R$ 120,00 (por pessoa).

Noite - Jantar no restaurante Flamboyant.


3° Dia (MERGULHO  DE CILINDRO)




Manhã - Esse dia já acordou virado, rs. Tava chovendo bastante, mas como tínhamos reservado a manhã para fazer o batismo de mergulho acabamos que nem nos preocupamos muito.


Ir a Fernando de Noronha e não mergulhar é a mesma coisa de ir a Roma e não conhecer o Coliseu.


São poucos os lugares que você vai conseguir ver tanta variedade de bichos, a vida marinha de Noronha é riquíssima e a cor da água... Ahh, é surreal!!! 




Nunca fui muito aventureira quando o assunto era água. Sou super medrosa! Daquelas que não encarava nem snrokel na piscina... Mas tudo isso mudou depois da minha viagem a Ilhas Cayman, que tive a oportunidade de mergulhar com as arraias. Então, considero como o grande "divisor de águas".


O Fê, meu marido, também nunca tinha feito mergulho de cilindro, mas aceitou o desafio!

 
O batismo é o mergulho para quem não é habilitado, custando de R$ 240,00 a R$ 540,00.


Lá em Noronha são duas as opções: saindo da praia (240) e embarcado (540).  
O primeiro sai da praia do porto e você tem a possibilidade de explorar os naufrágios de dois navios gregos existentes por lá. É uma opção bem bacana, mas dá para fazer também apenas com snorkel. Já a segunda opção, o mergulho é feito em alto mar... E Noronha é repleta de pontos diferentes para mergulho. 



Fechamos o mergulho com a empresa ÁGUAS CLARAS (que super indico).

OBSERVAÇÃO: escolha fazer o mergulho nos primeiros dias da viagem, pois não é aconselhável pegar avião no dia seguinte ao da sua prática. Isso em razão da descompressão, que ocorre quando se viaja de avião em um intervalo curto após mergulhar. 
Quando mergulhamos o ar contido no cilindro contém nitrogênio comprimido e filtrado. Caso a subida seja realizada de maneira rápida, há possibilidade da formação de bolhas na circulação por ter excesso do gás no organismo. Essas bolhas podem se espalhar para outras regiões e tecidos podendo levar a um grave quadro clínico e até a morte.



Almoço - Comemos apenas um açaí, pois íamos fazer a travessia do porto à praia do cachorro.
Tarde - Em razão do tempo ruim e do mar agitado, não conseguimos fazer o passeio. Mas aproveitamos para ficar na praia do cachorro e curtir o buraco do galego.

Mesmo com muita chuva, subimos no Forte de Nossa Senhora dos Remédios, mas não deu pra ver muita coisa, o Morro do pico estava totalmente coberto de neblina. 

Noite -  Jantar no Xica da Silva.

4° Dia (TRILHA DO MIRANTE DOS GOLFINHOS E ABREUS)
Manhã - Reservamos a manhã para fazer a Trilha do Mirante dos Golfinhos e praia do Sancho.
A Trilha começa logo à esquerda do Posto de Informações da praia do Sancho e possui bastante estrutura.

DICA ESPERTA DA LU:  A água em Noronha é bastante cara (assim como tudo na Ilha), mas lá na praia do sueste e na do Sancho eles vendem uma garrafinha (squeeze) que é um refil!!! Você paga 10 reais e ganha a garrafa + um vale, que te permite abastecer por até outra vez
Assim, você economiza e ainda leva de lembrancinha da viagem.
Tarde -  Trilha do Abreu📍Com um visual bem contemplativo, a vantagem da trilha é por ser bem menos procurada.

Foi um dos pontos altos e surpreendentes da viagem.


A trilha do Abreu é uma alternativa para quem não quer encarar a trilha do Atalaia, ou para aqueles que não conseguiram fazer o agendamento nela (nosso caso).


O lugar é uma verdadeira surpresa, pensei no início que seria um prêmio de consolação por não conseguir o agendamento na do Atalaia, mas uma colega que fez as duas trilhas informou que Abreus não perde em nada em beleza! 
Pelo contrário, as piscinas naturais do Atalaia vem enfrentando bastante problemas de assoreamento.


👉 🐠 possui duas piscinas naturais, sendo uma delas riquíssima em vida marinha! Ótima para a prática de snorkel!! O Fê conseguiu ver até um 🐙.


a) É Necessário agendamento prévio no ICMbio, mas não necessita de guia.
b) A atividade realizada na piscina é só de flutuação, portanto, há necessidade de uso de coletes e snorkel.
c) É proibido o uso de filtro solar. 
Almoço/janta: pousada maravilha.
E pôr-do-sol na praia da Conceição.
5° Dia

Manhã - À base de muita chuva, fomos fazer o mergulho na praia do porto para ver o naufrágio.

O mar tava bem agitado, e o Fê acabou passando muito mal... Então resolvemos voltar para pousada e descansar um pouco, já que a tarde íamos fazer a travessia do Morro São José.
Tarde - Travessia Morro São José

🏊‍♂️ Chega-se na Ilha por meio da travessia a nado. Porém, uma vez por mês a maré baixa ao ponto de formar um estreito caminho de pedras, possibilitando a travessia até a ilha a pé.


Foi nesse percurso que mais vimos bichinhos!! Encontramos, no mínimo, 3 tartarugas, vários peixes e um Tubarão-lixa beeem grande!!!
O Morro São José é uma das únicas Ilhas secundárias em que é permitida a visitação pública.
👉 Necessita prévio agendamento no ICMbio e guia. Só é permitida a entrada de 16 pessoas por dia.



Fim de tarde/noite: Vimos o pôr-do-sol do restaurante Mergulhão, que é virado para a praia do porto.
6° Dia  (ÚLTIMO)

Manhã - Passeio de barco com a empresa Primeiríssima e comprinhas no projeto Tamar.







Almoço - Cacimba.

Tarde - Aeroporto.
Noronha é uma viagem para se fazer várias vezes! Eu já pretendo voltar em breve.
Nosso Guia topster (que tira foto bem pra caramba, eu mesma despreocupei com a câmera) foi o Almir, segue o contato: (81) 9591-2796.

Diz lá que foi a Luana do Põe Na Rota que indicou ;)

Beijos e põe na sua rota!




Você pode gostar também

0 comentários

MAIS ACESSADOS

FANPAGE

AUTORAL

Todos os textos são autorais e estão assegurados pela Lei nº 9.610/98. Sendo proibida a sua reprodução total o parcial. Todas as fotos contidas nas postagens são autorais.